jensen_startpage-immune-system-web-content

Impacto do sono no sistema imunitário

Para reduzir a sua susceptibilidade às infecções, deve garantir que dorme sempre uma boa noite de sono. As pesquisas revelam que o sistema imunitário fica significativamente comprometido se não dormir o número de horas necessário ou se a qualidade do sono for insuficiente. 

Privação de sono causa sintomas gripais

As pessoas que não dormem o suficiente correm um risco significativamente superior de sofrer de gripe ou contrair outras infecções, conforme revelam estudos extensos sobre a privação de sono e as infecções do tracto respiratório superior. Diversos outros estudos acerca da relação entre o sono e as doenças corroboram a conclusão de que uma quantidade insuficiente de sono, durante um período prolongado, aumenta o risco de contrair infecções. Especialmente se dormir menos de seis horas. Nestes casos, a susceptibilidade à gripe ou a uma infecção é aproximadamente 4 vezes superior.

Importância do sono para o sistema imunitário

A privação de sono prejudica a transferência dos glóbulos brancos para o fluido linfático, realizada pelo sistema imunitário. Isto implica que os glóbulos brancos não estejam disponíveis no momento e nos locais onde são necessários, o que por sua vez propicia a infecção. Nomeadamente as células T, um tipo de glóbulos brancos, funcionam com muito menos eficácia em caso de problemas de sono. Até mesmo a função de moléculas vitais para a transmissão dos glóbulos brancos é afectada pela privação de sono.

Horas de sono recomendadas

É extremamente importante que se durma o número de horas recomendado, o que, no caso dos adultos, é de 7 a 9 horas por noite. Isto não se aplica apenas durante a COVID-19 mas sim a todas as pessoas, para a prevenção de problemas de saúde. Uma boa forma de resolver os problemas de sono é garantir um maior conforto durante o sono. Por este motivo, pode compensar investir num colchão e/ou numa cama verdadeiramente confortáveis. Também o edredom e a roupa de cama devem ser os indicados para a manutenção da temperatura corporal correcta, bem como para reduzir o risco de acordar durante a noite e perturbar o ciclo do sono.

 

Fonte: Informação retirada de Sleep and Health de Aric A. Prather