purple_meadows_web-2

TENDÊNCIAS DE CORES E MATERIAIS EM 2017: MAIS PERTO DA NATUREZA

A vida em sociedade provoca geralmente mudanças na moda e no mobiliário doméstico, como muito bem espelham as tendências para o outono e inverno de 2017. Estando a vida diária cada vez mais acelerada e exigente, assistimos a uma crescente necessidade de paz e tranquilidade, de momentos em que se possa fugir de todas as exigências digitais que nos dominam. Daí a crescente procura de produtos e cores que nos proporcionem uma sensação de tranquilidade e melhoria da qualidade de vida.

NOVOS LUXOS, COM UM TOQUE MAIS NATURAL

As compras com consciência irão tornar-se ainda mais comuns em 2017, verificando-se uma mudança para produtos tradicionais e mais honestos - mas que ofereçam uma experiência nova e luxuosa. Uma tendência que surgiu da relação entre cidade e natureza - muitas vezes designada como "slow living" - começa a ganhar força e está empenhada em seduzir os nossos sentidos, corpo e alma: aproveitando o momento presente e criando simultaneamente um equilíbrio sustentável entre saúde e luxo. Um bom sono é um factor imperativo desta situação. Esta tendência verde e humana adopta as cores e formas não apenas das florestas, mas também do espaço sideral e até mesmo de fenómenos naturais excepcionais, como a aurora boreal. Materiais naturais, como a lã, desempenham um papel importante. Também começa a ser prática usar as mesmas roupas no trabalho e em casa, pelo que as palavras-chave são "funcional" e "prática"!

DE LINHAS RECTAS A UM ESTILO CASUAL, MUITO POUCO CONVENCIONAL

No próximo ano, o branco e a elegância serão substituídos por um visual mais extrovertido e pouco convencional, inspirado nos ambientes da Índia e de Marrocos, por exemplo. Os tecidos da moda serão suaves e acompanhados por pormenores elegantes, como pregas e riscas, combinados com lã, tecido polar, feltro, lã cardada, malha, jacquard, ganga pintada e veludo. E, sempre que possível, 100% biodegradáveis.

ROXO: A COR DE 2017

Apesar de a natureza ter, nos últimos anos, entrado nas nossas casas e quartos sob a forma de madeira não tratada e tons mais secos, também é verdade que temos vindo a abandonar o clássico branco escandinavo. O ano de 2016 foi dominado pelo cinzento, azul e outras cores pálidas, mas a cor dominante da nova estação será o roxo, embora em tons suaves.

O tom de roxo utilizado no modelo Jensen Supreme Purple Meadows, por exemplo, evoca ambientes tranquilos, tornando-a uma cor popular para actividades de meditação. Outras cores populares são os diversos tons de verde, variações quentes de amarelo e laranja e cinzentos-claros que combinem com outras cores.

Em suma, durante o ano de 2017, estaremos rodeados de cores suaves e secas. O azul, que era tão dominante em 2016, caiu em desgraça. No entanto, uma coisa é certa, as opções de cores para o próximo ano tornarão muito mais divertida a conjugação de camas com roupa de cama, móveis e paredes dos quartos.